Carregando...
JusBrasil - Política
20 de abril de 2014

Salvador. De primeira capital do país a capital mundial

Publicado por Prefeitura de Salvador (extraído pelo JusBrasil) - 4 anos atrás

LEIAM 0 NÃO LEIAM

Nesta quinta-feira (28), a Prefeitura do Salvador lança um conjunto de projetos urbanos fundamentais para colocar a cidade sintonizada com o modelo de desenvolvimento das grandes capitais mundiais. Com recursos dos governos federal, estadual e municipal e através de Parcerias Público-Privadas, as obras do Salvador Capital Mundial criam novas avenidas, soluções para o transporte e para o trânsito nos pontos mais críticos, ampliação da estrutura turística, revitalização da orla, do Comércio, da Cidade Baixa, de bairros inteiros.

Planejar o futuro de qualquer cidade não é tarefa fácil. O caminho de desenvolvimento escolhido pela nossa sociedade não planejou o crescimento da população, não evitou os exageros do mercado de consumo, não considerou a sustentabilidade. Reverter esse processo e ainda planejar o que vem pela frente são compromissos que muitos gestores adiam, diante do volume dos investimentos e dos esforços necessários.

Planejar o futuro de uma cidade como Salvador exige ainda mais esforço. É preciso sensibilidade diante dos seus problemas, respeito por sua história, cuidado com suas belezas naturais e, principalmente, um olhar atento para os sonhos da sua gente.

A posição estratégica que colocou Salvador como centro no Novo Mundo, marcou sua vocação de cidade mundial desde sua fundação. Hoje, passados 460 anos, a cidade vive graves problemas e as demandas da população se tornam cada vez mais urgentes. Seja quem for a pessoa a quem o povo desta cidade confiar o seu futuro, não pode fazer menos que ser leal ao espírito desse povo; menos do que ser fiel ao destino eterno desta cidade que é, como o destino de um farol, iluminar os caminhos do futuro em busca da paz total, afirma o prefeito João Henrique.

Por tudo isso, foi necessário reunir alguns dos mais conceituados arquitetos e urbanistas brasileiros, que escreveram as linhas do futuro da primeira capital do país. E se impuseram grandes os desafios:

Ajustar os equipamentos urbanos da cidade a uma nova realidade mundial, preservando a história e as belezas da primeira capital do Brasil;

Incorporar o desenvolvimento sustentável a uma cidade que cresce em um ritmo alucinante;

Fazer de Salvador uma cidade estruturada para os turistas, mas principalmente com melhor qualidade de vida para quem mora aqui.

O resultado são 20 projetos que formam um planejamento concreto de desenvolvimento sustentável, a exemplo das principais capitais do mundo. Um planejamento que vai além da autoestima e dos benefícios diretos para os seus moradores. É a preparação de uma cidade que está alinhada com o crescimento de um novo Brasil, que está em sintonia com os mais modernos estudos sobre a urbanização e sustentabilidade de grandes cidades do mundo, sem falar na Copa de 2014.

Principais projetos - A exposição desses projetos vai percorrer locais de grande fluxo de pessoas, para que toda a população possa ter acesso.

Mobilidade Urbana

Uma ousada proposta para resolver alguns dos graves problemas do trânsito e do transporte coletivo de Salvador e Região Metropolitana. As ações estão consolidadas em dois grandes planos: Rede Integrada de Transporte (RIT) e Programa de Obras Viárias (PROVIA).

Rede Integrada de Transporte (RIT)

A RIT vai implantar um Sistema Multimodal de Transporte de passageiros. As principais ações são: modernização do Trem do Subúrbio; complementação da linha Lapa - Pirajá do Metrô; e a novidade: o Sistema BRT (Bus Rapid Transit), que em sua primeira etapa adapta 36 quilômetros do sistema viário principal, com prioridade para a circulação de ônibus. Na nossa cidade, esse sistema vai se chamar Trans Metrópole.

Programa de Obras Viárias (Provia)

O Programa de Obras Viárias vai solucionar os maiores engarrafamentos da cidade na região do Iguatemi, Bonocô e Paralela e ainda incrementar as soluções de trânsito rápido, com cerca de 59 quilômetros de cinco novas vias, sendo as principais a Linha Viva e a Avenida Atlântica.

Avenida Atlântica

Uma alternativa à Paralela, com 14,6 quilômetros de pista dupla, que começa na Avenida Luís Eduardo Magalhães e termina na Avenida Dorival Caymmi, integrando o Centro de Convenções. A previsão é que o tempo total de deslocamento por esta via seja menor do que 20 minutos.

Ponte Pituaçu

A Ponte de Pituaçu faz parte da Avenida Atlântica e passa por cima do Parque de Pituaçu, preservando a natureza. É a primeira ponte pêncil do Brasil, com 1 quilômetro de extensão e 600 metros de vão livre, projetada com tecnologia de ponta para ser muito leve e não interferir na paisagem.

Linha Viva

Mais uma alternativa à Paralela, com 18 quilômetros de pista dupla, ligando Bonocô e Rótula do Abacaxi ao Aeroporto.

Nova Cidade Baixa

Um projeto que vai promover a requalificação urbana, ambiental e paisagística do trecho que vai do Campo Grande até a Ribeira. A proposta principal é abrir a frente marítima da cidade para todos, criando espaços públicos de qualidade e o apoio a um sistema eficiente de transporte público que priorize a articulação de todos os setores da cidade baixa e a conexão com a cidade alta. O projeto tem também como objetivos a melhoria das moradias, através da recuperação e ocupação de edifícios e áreas degradadas, e a implantação de uma rede de equipamentos de grande porte destinados à cultura, ao esporte e ao lazer da população.

Via Expressa

É mais uma via rápida que vai ligar a BR ao Comércio, passando pela Avenida Barros Reis e Baixa de Quintas e, no futuro, ainda pode ser ligada à Ponte Salvador-Itaparica. Uma via que vai movimentar o turismo, os negócios e facilitar a vida de quem mora em Salvador e trabalha em outras cidades.

Orla

Um projeto que requalifica a orla do Jardim de Alah até Itapoã. O objetivo é criar novos equipamentos de uso público, padronizar as barracas de praia, oferecer novos serviços aos banhistas e ainda organizar a circulação de transporte, melhorando o trânsito. Em alguns trechos, a pista vai ser ampliada.

Via Histórica

Uma via que liga o Campo da Pólvora em Nazaré ao Terreiro de Jesus no Centro Histórico. A grande novidade desse projeto é uma passarela rolante de 400 metros, que vai dar mais conforto a quem anda a pé.

Terão ainda projetos específicos o bairro de Ondina, Parque das Dunas na Praia do Flamengo, o Parque Tecnológico, a nova Fonte Nova, a Ladeira da Barra, o Cajazeiras Golf Clube e o Aeroporto.

0 Comentários

Faça um comentário construtivo abaixo e ganhe votos da comunidade!

Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula.

ou

Disponível em: http://pref-salvador.jusbrasil.com.br/politica/4527908/salvador-de-primeira-capital-do-pais-a-capital-mundial